Editora Mais Que Palavras

(49) 3622 6062Tel

fale@editoramaisquepalavras.com.brEmail

BUSCA  
 
 

Editora

 
 
Compartilhe:

ORIGENS

Em 2011, com o apoio do britânico James McSill, consultor literário de notória expressão internacional, Terezinha Osmari Bagatini, profissional da educação radicada no Sul do Brasil, de onde é natural, lançou as bases para implantar uma editora de livros. Nascia, então, em São Miguel do Oeste, interior catarinense, a MAIS QUE PALAVRAS, com a qual a literata se tornaria empresária das palavras e do texto, uma combinação tão perfeita quanto o são a Educação e a Literatura. Logo após, quem mais passou a cooperar com seus projetos editoriais e culturais foi Manoel Vilela de Magalhães, mestre da educação e da literatura.

A partir daí, começou a busca de novas parcerias.

Em pouco tempo, a Mais Que Palavras alcançou (e continua a alcançar) um elenco de organizações, agentes e agências qualificadas. Aliadas para criar, publicar e desenvolver projetos de imersão cultural literária inclusiva, com atenção especial ao livro ilustrado e aos audiovisuais, suas produções englobam, sempre que possível, artes cênicas, música, performance e teatro, esmerando o universo cultural letrado. Desta forma fomentam o entretenimento, o despertar para o pensamento, a imaginação criativa e a reflexão de crianças e jovens, tanto em esferas coletivas quanto singulares.

Além do fantasioso e do literário, seus projetos versam a construção de valores, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências voltadas à boa relação com a natureza, à sustentabilidade e à sadia qualidade de vida humana, vegetal e animal. “O livro, o teatro e o ato de imaginar são sinais vivos na vida das crianças e adolescentes! Direito que deve ser garantido”, entende Terezinha.

Levar cultura literária Brasil afora é sua alegria, conectando eixos das artes cênicas e do livro ilustrado, promovendo alegria e bem-estar, desenvoltura e responsabilidades. Com este escopo, dedica atenção especial aos impactos sociais e ambientais, evitando e diminuindo riscos que possam afetar o desenvolvimento sustentável.

Consciente de que é preciso atenção à pedagogia, busca unir, sempre que possível, o livro infantil e juvenil à música e ao teatro, uma combinação que promove sinergia as crianças e os jovens, entendendo estes como meios eficazes para o entretenimento e também à reflexão permanente e à implementação de impactos sociais positivos. Disso emanam suas inúmeras propostas que oferecem espetáculos a portadores de leitura de qualidade.

Empenha-se, a todo momento, a buscar parceiros com semelhantes anseios, como agentes empresariais de ramos distintos, com o apoio dos quais desejou contar desde o início. Muito a estima e orgulha o afável empreendedorismo de empresas que, além de empreender em bons serviços e produtos, investem em conceitos, identidades e cultura, interagindo suas ações às ciências humanas, à conservação ambiental, à arte e à literatura.

Ao lograr a aprovação de muitos de seus projetos na Lei de Incentivo à Cultura, além de legalmente amparada, mais capacitada se sente para desenvolvê-los e encorajada a buscar novas parcerias e empresas que os patrocinem, assumindo, cada vez mais, postura de maior abrangência e responsabilidade, o que já lhe permite contar com notórios resultados.

Sem exceção, os projetos da Mais Que Palavras são cuidadosamente planejados para promover a inclusão social sem viés ideológico, divisão de raças, crenças ou qualquer outra. Projetados para o alcance de número expressivo de crianças, jovens, familiares, escolas e comunidade em geral, neles são garantidas todas as etapas e equipe qualificada para sua melhor execução.

Cada um de seus patrocinadores terá, portanto, o merecido reconhecimento por meio de cotas de contrapartidas, assim como a inclusão de sua MARCA empresarial em todos os serviços e produtos do projeto investido, anunciando-a como agente disseminadora para com o compromisso ético e social.

Este site também pode ser acessado via iPad/Tablet. Mobilidade para você fazer bons negócios.
Créditos: